Notícias

Na tarde desta terça-feira (29), a Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Araraquara, presidida pela Vereadora Edna Martins recebeu professores das redes estadual, municipal de ensino, além das escolas particulares para um minicurso ofertado pela Fundação Araporã, sendo que esse faz parte do concurso de desenho com o tema “A história de Araraquara não começa com Pedro José Neto: quem eram os Guayaná?”.

O minicurso aconteceu em dois períodos. Na parte da manhã, o Presidente da Câmara Elias Chediek abriu as atividades agradecendo a presença dos palestrantes, coordenadores e professores e falou da importância de uma instituição pública poder firmar parcerias para difundir cultura e informação.

A presidente da Escola do Legislativo, Vereadora Edna Martins abriu o minicurso no período da tarde e falou da importância do resgate da história dos povos indígenas. “A proposta do Concurso com a temática indígena possibilita que a diversidade cultural e étnico-racial seja trabalhada de forma a promover o reconhecimento das contribuições culturais e sociais desses povos e sua inserção como cidadãos”, destacou.

A promoção do Concurso de Desenho dá continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido desde o ano passado com a temática indígena em Araraquara – atualmente restrita ao espaço acadêmico da universidade – para sensibilizar estudantes e seus familiares, professores e gestores escolares a respeito da existência de uma história da população indígena no município.

O minicurso foi ministrado pelos professores doutores Robson Rodrigues e Grasiela Lima, ambos da Fundação Araporã. Robson é graduado em Ciências Sociais e especializado em Etnologia Indígena pela UNESP, mestrado em Arqueologia pela Universidade de São Paulo-MAE, doutorado em Arqueologia no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo e pós-doutorado em Antropologia pela UNESP.

Já Grasiela é graduada em Ciências Sociais pela UNESP, mestrado e doutorado em Sociologia pela UNESP.

A Fundação Araporã é uma instituição civil que tem por objetivos o desenvolvimento de pesquisas e cursos de formação na área da temática indígena e atua em parceria com instituições como o MAPA – Museu de DSC06199Arqueologia e Paleontologia de Araraquara – e o Museu Histórico e Pedagógico “Voluntários da Pátria”. A Fundação buscou parceria com a Escola do Legislativo por existir afinidades nos objetivos do processo educacional para a cidadania com respeito à diversidade cultural e o Memorial da Câmara Municipal de Araraquara.

A próxima etapa do concurso acontece a partir de 30 de setembro a 30 de outubro com as inscrições e entrega dos desenhos. Os resultados serão divulgados no dia 20 de novembro e a solenidade de premiação está marcada para o dia 30 de novembro no Plenário da Cãmara Municipal.
Os desenhos vencedores estarão expostos no saguão da Câmara Municipal no período de 30 de novembro a 11 de dezembro.

Assessoria de Imprensa
Escola do Legislativo

Fonte: http://www.camara-arq.sp.gov.br/site/?p=20924&preview=true

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário